Estudantes de baixa renda começam curso pré-vestibular gratuito promovido pelo Acqua e Noc Educação no Maranhão

11 de Setembro de 2018

Iniciativa soma cidadania e inclusão social; aulas são oferecidas em unidades hospitalares gerenciadas pelo Instituto Acqua

Entrar na faculdade é o sonho que se transformou em meta para os mais de 80 alunos matriculados em três turmas do curso pré-vestibular gratuito Universidade Cidadã, iniciativa do Instituto Acqua em parceria com a Noc Educação. As aulas tiveram início em 16 de julho e acontecem às segundas, quartas e sextas-feiras no Hospital Doutor Carlos Macieira e na Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão, em São Luís.

Com metodologia direcionada para aplicação, interpretação e resolução de questões de prova em modelo próximo ao Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), as aulas acontecem das 14h às 17h40 e das 18h40 às 22h. O objetivo é promover a inclusão social e priorizar a oportunidade de acesso ao Ensino Superior de pessoas em situação de baixa renda, vulnerabilidade social ou em grupos sociais minoritários, como destacou a coordenadora do projeto no Maranhão, Arlindyane Santos.

“O projeto prioriza essa inclusão, enxergar alunos que estão em situação de vulnerabilidade, independentemente da idade, e proporcionar uma preparação com qualidade para que tenham condições de igualdade com qualquer outro estudante na prova que é aplicada nacionalmente”, explica Arlindyane.

Concebido em São Paulo, o conteúdo do material didático é padronizado, com adaptação apenas de disciplinas que exigem conteúdo regionalizado, como História e Geografia do Maranhão. São oferecidas aulas de Ciências da Natureza e suas tecnologias, Linguagens, Ciências Humanas e Matemática acompanhando as exigências do ENEM.

Andressa Silva, 17 anos, é uma das participantes do curso. Aluna do 3º ano do Centro de Ensino Dr. Geraldo Melo, na Cohab, ela pretende concorrer às vagas do curso de Medicina Veterinária. “Achei muito interessante porque para nós é uma oportunidade muito importante, pois não temos como pagar um cursinho particular. Aqui as aulas são bem práticas. A gente estuda acompanhando diretamente as questões e tiramos as dúvidas mais rápido”, disse.

Expectativa compartilhada pelo técnico em mecânica José Roberto Pinheiro, 46 anos, que vê no cursinho a oportunidade de garantir uma vaga também em concurso público. “Atualmente estou desempregado e resolvi me inscrever no Enem para obter um curso de nível superior na área técnica. A gente sabe que hoje a competitividade é grande e o mercado de trabalho exige cada vez mais conhecimento”, pontua.

Inscrições

As aulas vão até 30 de novembro e interessados ainda podem garantir vagas. “Temos um grande número de mulheres e alunos negros participando das turmas. Na inscrição, damos prioridade a questões de etnia, diversidade e estudantes de escola pública. Os interessados preenchem um questionário socioeconômico e confirmam se estão inscritos no Enem. Essa é uma garantia de que estamos atendendo o público que, de fato, necessita da inclusão”, explica Ronaldo Querodia, diretor-presidente do Instituto Acqua.

A inscrição pode ser feita pelo site www.noceducacao.com/pre-vestibular, pelo e-mail arlins1205@gmail.com ou pelo telefone (98) 98804-4552.