contato@institutoacqua.org.br

Hospital Regional de Cirurgias da Grande Dourados (MS) promove integração entre novos colaboradores

10/07/2019

No total, 68 pessoas foram contratadas e já iniciaram o trabalho; unidade é gerenciada pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde do Mato Grosso do Sul

O Hospital Regional de Cirurgias da Grande Dourados (HRCGD), gerenciado pelo Instituto Acqua por meio de parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Mato Grosso do Sul, promoveu nesta quarta-feira (10/07) integração com os novos colaboradores. A iniciativa foi realizada por representantes do Acqua com apoio dos coordenadores da unidade e teve objetivo de orientar sobre regulamentos e protocolos institucionais.

Cerca de 50 profissionais de enfermagem, segurança, limpeza, alimentação e administração participaram da integração. A unidade é gerenciada desde 12 de junho pelo Instituto Acqua. Após processo seletivo, 68 colaboradores iniciaram efetivamente no hospital em regime de contratação CLT.

“Me senti acolhida e estamos bem animados com a nova gestão. A integração foi ótima para conhecermos mais sobre o Instituto Acqua, ficamos motivados e animados para manter o pleno funcionamento do hospital”, contou a assistente administrativa, Angelica Andreatta Vigne.

Para a enfermeira Millaine Ximenes, a integração foi dinâmica. “Gostei bastante, pois toda equipe se conheceu, tanto os novos, como os que já faziam parte da equipe. E os gestores foram bem atenciosos em nos receber e ajudar”, comentou.

Estrutura – O HRCGD foi inaugurado em dezembro de 2015 e realiza procedimentos de Cirurgia Geral, Ortopedia, Ginecologia, Otorrinolaringologia, Urologia, Vascular e Oftalmologia. Além disso, faz exames de ultrassonografia, radiografia, eletrocardiograma, endoscopia e colonoscopia.

A unidade conta com 32 leitos e realiza média de 208 cirurgias mensais em diversas especialidades, tem corpo clínico com 50 médicos e mais 60 funcionários, incluindo nutricionista, assistente social, equipe de enfermagem e setor administrativo. O hospital foi criado com objetivo de realizar demandas de baixa e média complexidade, para reduzir a fila de espera por esses procedimentos. As cirurgias ortopédicas feitas no Regional da Grande Dourados evitam que os pacientes tenham que se deslocar para Campo Grande.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *