Acqua comemora 19 anos com shows de artistas da MPB e do Samba para reforçar compromisso com a cultura nacional

07 de Maio de 2018

Juçara Marçal, Suzana Salles, Kiko Dinucci e Carlinhos Garoa e banda se apresentaram em Santo André (SP) na sede do Instituto
 
Instigar a população regional a participar de atividades culturais, valorizar profissionais da música, celebrar a ampla atuação frente à gestão de projetos em áreas como Saúde, Educação, Meio Ambiente, Cidadania e Cultura no País. Com essa proposta, o Instituto Acqua promoveu no último sábado (5/5), evento especial em comemoração aos 19 anos da instituição. A programação incluiu Juçara Marçal, Suzana Salles, Kiko Dinucci e Carlinhos Garoa e banda. Com entrada gratuita, os visitantes ainda degustaram culinária assinada pelo chef andreense Bruno Wolf. 
 
Conhecida tanto pelo seu trabalho nos grupos Vésper Vocal, A Barca e Metá Metá como pela carreira solo, Juçara Marçal lançou em parceria com Kiko Dinucci o disco Padê, em 2008. Em 2011, 2012 e 2016 emplacou três álbuns com o trio Metá Metá (com Dinucci e Thiago França). Recentemente, em novembro de 2017, teve participação com o rapper Criolo na canção Fio de Prumo (Padê Onã), do álbum Convoque seu Buda. Na apresentação realizada no auditório do Instituto Acqua, a dupla Juçara e Kiko somou forças a outra talentosa cantora, Suzana Salles. “Esse repertório foi escolhido com muito carinho e teve até música inédita. Interpretar canções de Itamar Assumpção é algo intenso e cheio de alegria para nós. Adoramos contar com o público do ABC”, garantiu Kiko Dinucci. 
 
O compositor Itamar Assumpção, figura expoente da Vanguarda Paulista, faleceu em 2003, e seu legado continua a influenciar vários compositores e intérpretes, como Zélia Duncan e Anelis Assumpção. Dinucci é fiel à linguagem de Itamar em seu modo de tocar violão, dando destaque às frases de baixo e pulsação, assim como Juçara Marçal interpreta e reinventa os fraseados das cortantes palavras de Itamar. Suzana Salles trabalhou intensamente com o compositor desde os primórdios da Banda Isca de Polícia e até hoje dá continuidade à obra do artista. “É sempre uma apresentação divertida e contagiante. O público sente isso e também passa para nós. Além das letras, muitas das quais engraçadíssimas, respeitamos as pausas, outra característica marcante na composição de Itamar. Então, de fato, não dá para chamar de trabalho. Todos saímos felizes. E essa foi nossa primeira apresentação para o público do ABC Paulista. Adoramos.”, comentou Suzana Salles.
 
A abertura da festa contou com três horas de samba do grupo comandado por Carlinhos Garoa. Com voz precisa, o cantor emocionou o público ao som de grandes clássicos da música nacional. “É impressionante a voz dele. Os agudos e o timbre são muito limpos. Não conhecia o grupo, mas achei fantástico. Virei fã e me emocionei em algumas canções”, declarou Pedro Blian Teixeira, 31 anos, morador de São Bernardo do Campo. 
 
Laís Spinelli, 22 anos, é fã do grupo Metá Metá – com o qual Juçara Marçal e Kiko Dinucci integram. Para ela, vê-los de perto foi emocionante. “Eu já frequentei a Feira Vegana aqui no Acqua, adoro o espaço. Quando soube que a programação de aniversário teria o Kiko e a Juçara, não tive dúvida de que viria. E o melhor: de graça. O Acqua está emplacando muita coisa boa. Adorei o show, e vejo que essa mescla de eventos que estão acontecendo aqui animam muita gente, principalmente a turma jovem”, opinou a estudante e moradora de Santo André. 
 
Ronaldo Querodia, diretor-presidente do Instituto, lembrou que o Acqua mantém a vocação de criar iniciativas que chegam à população de forma natural. “É parte do nosso papel incentivar a cultura nacional, criar mecanismos que valorizem as artes e, sobretudo, que cause algum tipo de impacto na vida das pessoas. Assinamos diversas iniciativas, como a mais recente o VilaMundo, e estamos mostrando que sabemos construir um caminho que qualquer pessoa pode percorrer. Um caminho que leva à Educação, à Cultura e à Cidadania”, pontuou.
 
A atividade também marcou o primeiro ano de funcionamento do espaço cultural localizado na sede do Instituto. O local recebeu nos últimos meses diversos artistas como Andreas Kisser, guitarrista da banda Sepultura, Kleber Albuquerque, Nômade Orquestra, Lurdez da Luz, Everson Pessoa e outros. A Feira Vegana do ABC, principal evento do segmento na região, também é realizada mensalmente no mesmo espaço e atrai média de 2 mil pessoas por edição.