Acqua realiza ações de prevenção ao câncer de mama no Maranhão

01 de Novembro de 2018
 
Sete unidades hospitalares realizaram atividades relacionadas com a campanha Outubro Rosa
 
Um laço cor de rosa se tornou símbolo para a campanha mundial que, anualmente, promove ações de conscientização e prevenção ao câncer de mama. No período de 15 a 27 de outubro, foram realizadas atividades em sete unidades hospitalares gerenciadas pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão durante a Campanha Outubro Rosa.
 
"É missão do Instituto Acqua atender e acolher de forma humanizada todos os pacientes das unidades. A campanha vem reforçar esse acolhimento alertando para prevenção de uma doença que infelizmente ainda é muito comum em todo o país", pontuou a coordenadora das unidades no Maranhão e diretora do Instituto Acqua, Paula Assis.
 
Seja pelo uso de um laço ou com painéis informativos instalados na recepção das unidades, servidores e usuários foram sensibilizados sobre a importância do autocuidado. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), há um risco estimado de 56 novos casos de câncer de mama a cada 100 mil mulheres até o próximo ano, no Brasil.
 
A fachada do Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM), em São Luís, ganhou iluminação especial durante todo o mês. Na unidade foram realizadas blitzes educativas e exposição de trabalhos de acadêmicos dos cursos de Enfermagem e Nutrição das universidades Estácio e Uniceuma, com a distribuição de informativos, painéis explicativos sobre alimentação saudável, autoexame e mitos relacionados aos exames.
 
A dona de casa Edileuza Sousa Pinheiro, 58 anos, paciente do HCM, teve na família uma vítima da doença e reforçou a importância da campanha. "Eu tenho uma irmã que morreu ano passado, vítima do câncer de mama. Isso mudou a nossa vida, a nossa alimentação e na minha família todas as mulheres passaram a ter mais cuidado e realizar exame preventivo periodicamente. Acho importante que mais pessoas possam ter acesso a esse tipo de informação", falou.
 
A programação no hospital contou também com a participação da banda da Polícia Militar e os servidores deram as mãos em ato simbólico formando um grande laço humano com balões na cor rosa. "O mais importante durante a campanha é fortalecer e reforçar a prevenção porque sabemos da grande chance de cura quando a doença é descoberta. Aqui recebemos pacientes que, diagnosticadas com a doença, são encaminhadas para o Hospital do Câncer", explicou Marko Antônio de Freitas, diretor-geral do HCM.
 
Na Maternidade Nossa Senhora da Penha, em São Luís, a campanha foi direcionada para as servidoras da unidade, com a realização de palestras, oficina de maquiagem para melhorar a autoestima feminina e exames de imagem (ultrassom). A programação somou com a inauguração do Posto de Registro Civil de Nascimento e as comemorações pelos três anos da unidade. Já nas maternidades de Alta Complexidade do Maranhão e Benedito Leite, a programação também contou com palestras educativas, consultas e exames.
 
O Hospital Infantil Dr. Juvêncio Mattos, em São Luís, referência no atendimento materno-infantil no Estado, também integrou a campanha Outubro Rosa. A unidade recebeu palestras voltadas à saúde da mulher, sobre câncer de mama, alimentação saudável e atividades que despertaram a autoestima feminina.
 
Unidades regionais - No Hospital Macrorregional Tomás Martins, em Santa Inês, a programação contou com palestras sobre autoestima feminina, nutrição e doença oncológica, higiene bucal e prevenção do câncer de mama. Atividades físicas e 17 atendimentos ginecológicos também foram realizados, com a colaboração da médica ginecologista da prefeitura.
 
A campanha realizada no Hospital Regional de Balsas, em Balsas, contou com palestra direcionada para o câncer de mama e o câncer de colo de útero e a realização 62 consultas e preventivos a mulheres atendidas pela unidade. No Hospital Regional da Baixada Maranhense Dr. Jackson Lago, em Pinheiro, foram realizados exames de mamografia e palestra educativa.
 
Sobre o câncer de mama - O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor. Há vários tipos de câncer de mama. Alguns tipos têm desenvolvimento rápido enquanto outros são mais lentos. É um tumor maligno sendo o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo, mas que também afeta os homens. Existe tratamento e o Ministério da Saúde oferece atendimento por meio do Sistema Único de Saúde, o SUS.