Evento Gastronomia e Chorinho atraiu público da região e incentivou economia criativa no Instituto Acqua

04 de Setembro de 2017

Realizada mensalmente, atividade reúne música, gastronomia e pequenos produtores no Espaço Vivências e Convivências, na sede do Instituto Acqua

Com clássicos de Pixinguinha, Severino Araújo e Chiquinha Gonzaga, entre outros, a Camerata de Choro animou o público que passou pelo Espaço Vivências e Convivências no último sábado (2/9), na sede do Instituto Acqua, em Santo André (SP). Além da apresentação dos músicos, o evento Gastronomia e Chorinho contou com cassoulet servido pelo chef Ronnie Corazza e venda de produtos artesanais feitos por pequenos produtores para incentivar a economia criativa e o desenvolvimento local.

João Domingos, 74 anos, aproveitou o dia para conhecer o espaço com a esposa. “Damos nota dez em tudo aqui. A gente veio só para ver e ficamos para almoçar, compramos e também encomendamos alguns produtos. Gostamos muito”, contou o advogado, que mora próximo ao Instituto.

A qualidade das atividades oferecidas trouxe Maurício Anselmo, 54 anos, pela terceira vez ao local. “Essa iniciativa é ótima porque a genuína música brasileira não é valorizada no País. Venho sempre e trago amigos e familiares para apreciar”, disse o morador de Santo André após experimentar o cassoulet, prato típico francês preparado pelo chef Ronnie Corazza.

Feito de feijões brancos e carnes, o cassoulet é semelhante à feijoada. “Todos com quem conversei disseram ter gostado bastante da refeição. Fiz também uma variação vegana para os visitantes. O espaço aqui é ótimo e parabenizo o Instituto Acqua por essa iniciativa na região”, destacou o chef andreense.

Além de música e gastronomia, a atividade movimentou a economia criativa com a venda de produtos confeccionados por pequenos produtores. O local recebeu expositores de discos de vinil raros, kokedama (arranjo de planta feito de musgo), artesanato e alimentos saudáveis. “Essa ideia de unir os pequenos produtores a uma atividade cultural foi uma das melhores para a região. Temos a possibilidade de vender e também conhecer outros empreendimentos. Queremos uma parceria constante com o Instituto”, afirmou Anita Ramos, da Associação Fibras da Serra, que produz bolsas, cestas, bijuterias e diversos artigos de decoração utilizando fibras da bananeira.

“Esta foi a primeira vez que participamos e podemos dizer que gostamos de tudo. O prato estava saboroso e a música era de qualidade. Gostamos e com certeza vamos voltar”, reforçou a aposentada Maria do Socorro, 63 anos, ao lado do marido. O casal mora em Mauá (SP).

Feira Criativa – A programação de atividades do Espaço Vivências e Convivências neste mês inclui a realização da Feira Criativa, em 16 e 17 de setembro, das 10h às 17h. Além de adquirir produtos artesanais e antiguidades de pequenos produtores, os visitantes desse evento poderão experimentar pratos dos chefs Bruno Wolf e Ricardo Silvestre, com venda revertida para os projetos sustentáveis desenvolvidos pelo Acqua.

Para obter mais informações basta enviar um email para eventos@institutoacqua.org.br ou entrar em contato pelo telefone (11) 4823-1800.