Feira Vegana encerra atividades de Espaço Vivências e Convivências do Instituto Acqua em 2017

18 de Dezembro de 2017

Iniciativa oferece acesso a alimentos saudáveis e área para atividades culturais na sede do Instituto, em Santo André (SP)

Com diversos tipos de alimentos, cosméticos e bijuterias, a 5ª edição da Feira Vegana do Instituto Acqua encerrou o calendário de atividades do ano do Espaço Vivências e Convivências valorizando os pequenos produtores e estimulando a economia criativa. Realizado neste domingo (17/12), na sede do Instituto em Santo André (SP), o evento entrou no calendário da região como referência para o público vegano e também para quem valoriza uma alimentação saudável e com produtos livres de ingredientes de origem animal.

A advogada Cintia Garcia, 47 anos, é vegetariana e visitou a feira com o marido. “Gostamos bastante do evento. Pra nós é difícil encontrar na região produtos como esses e aqui há várias opções. Acompanhamos a página do Acqua no Facebook e, quando soubemos que aqui aconteceria essa feira, nos programamos para conhecer o local”, contou a moradora de São Bernardo do Campo (SP).

Acompanhada pela filha Giovana, 9 anos, a professora Regina Magarotto, 49 anos, passou pelo Espaço Vivências e Convivências e aprovou a iniciativa do Instituto. “Já conhecia o local de outros eventos realizados neste ano e gosto muito de vir aqui por causa dessa variedade de produtos oferecidos. Acompanho as atividades do espaço e pretendo voltar sempre”, destacou.

Além de experimentar bolos, hambúrgueres, biscoitos e pães veganos, quem passou pelo local apreciou a apresentação do violinista Geazy Santos. Com 11 anos de carreira, o músico andreense executou diversas canções internacionais de bandas pop rock na calçada do Instituto Acqua e atraiu a atenção de quem circulava pela região.

“Neste ano conseguimos destacar a Feira Vegana como um evento de referência na região ao oferecer às pessoas uma atividade saudável e, ao mesmo tempo, cultural. Apresentamos opções de produtos diferenciados e também desenvolvemos um espaço de valorização dos talentos locais nas áreas da cultura e gastronomia. No próximo ano vamos fortalecer ainda mais essas iniciativas que aproximam a população de hábitos saudáveis”, afirmou Ronaldo Querodia, diretor-presidente do Instituto Acqua.