Governo do Maranhão e Instituto Acqua inauguram Ambulatório de Especialidades em Epilepsia na Infância nesta quarta-feira em São Luís (MA) | Instituto Acqua

Governo do Maranhão e Instituto Acqua inauguram Ambulatório de Especialidades em Epilepsia na Infância nesta quarta-feira em São Luís (MA)

03 de Julho de 2018

A entrega desse novo serviço marca o aniversário de um ano de funcionamento da Casa de Apoio Ninar

Para marcar o primeiro aniversário da Casa de Apoio Ninar e protagonizar mais um avanço na saúde pública do Maranhão, o Instituto Acqua, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão (SES), inaugura nesta quarta-feira (4/7) o Ambulatório de Especialidades em Epilepsia na Infância, que atenderá crianças de zero a 12 anos, nas instalações da Casa de Apoio, localizada no bairro Ponta do Farol, em São Luís (MA).

“O Ambulatório de Especialidades em Epilepsia na Infância é um serviço ambulatorial oferecido às crianças com epilepsia no Maranhão para acompanhamento e investigação ambulatorial”, explica a diretora do Projeto Ninar e neuropediatra, Patrícia Sousa.

A equipe contará com neuropediatras especializados em epilepsia, psiquiatra infantil, pediatra, infectopediatra, psicóloga, nutricionista, enfermeira, assistente social, oftalmologista, arteterapeuta e professor de música.

As crianças com epilepsia terão à disposição os serviços dos ambulatórios de Triagem em Epilepsia na Infância, Epilepsias Benignas na Infância, Epilepsias Refratárias na Infância e Tratamento Não Medicamentoso em Epilepsia na Infância, além de Neurofisiologia Clínica: EEG e Vídeo - EEG diagnóstico ambulatorial, musicalização das Famílias com Epilepsia e Arteterapia na Epilepsia da Infância.

Aniversário – Ao completar um ano de sua inauguração nesta quarta-feira, a Casa de Apoio Ninar se tornou referência no Nordeste para tratamento de crianças com doenças que afetam o neurodesenvolvimento, sobretudo acometidas pela microcefalia.

De julho de 2017 até maio deste ano, a unidade contabilizou 97.227 atendimentos, que transformaram a vida de crianças da Capital maranhense e interior do Estado. Destes, 30.743 foram consultas multiprofissionais, 1.689 procedimentos de enfermagem, 7.826 terapias individuais, 6.119 terapias de grupo, 39.400 atendimentos multiprofissionais e 1.353 exames.