Hospital Macrorregional Tomás Martins faz mutirão de consultas e cirurgias pediátricas e ações de combate ao câncer colorretal em março

27 de Fevereiro de 2018

Equipe da unidade atende pacientes de Santa Inês (MA) e 18 municípios da área de cobertura

O Hospital Macrorregional Tomás Martins, em Santa Inês (MA), se prepara para mais um Mutirão de Consultas e Cirurgias Pediátricas, que será realizado na próxima sexta-feira (2/3). Na mesma data, a unidade gerenciada pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) também contará com palestra sobre Saúde Bucal e visita dos Enfermeiros da Alegria, além de ações de conscientização contra o câncer colorretal, com atendimentos ambulatoriais e diálogo sobre o tema. A programação terá início às 8h.

Com a realização de mutirões, a unidade otimiza o atendimento especializado e dá celeridade ao tratamento e encaminhamento dos pacientes para procedimentos cirúrgicos. Realizados em 21 e 22 de fevereiro, os mutirões de Pediatria e Urologia, por exemplo, registraram 85 atendimentos ambulatoriais e 16 cirurgias. Na oportunidade, a unidade também promoveu treinamento para transporte de pacientes, palestras e aula prática de higiene bucal.

“Nosso objetivo foi otimizar o atendimento de pacientes da pediatria e urologia, iniciar o tratamento ou encaminhar para a cirurgia em tempo hábil. Há uma grande preocupação, por exemplo, com a quantidade de casos de câncer de pênis e próstata em todo o Brasil”, explicou a diretora-administrativa da unidade, Thayse Bastos.

O atendimento da pediatria, além das consultas, contabilizou 16 procedimentos cirúrgicos. Na espera pelo atendimento, as crianças participaram de atividades lúdicas na brinquedoteca e também musicoterapia, que fazem parte da boa prática de humanização desenvolvida pelo hospital.

Escovódromo – Cerca de 30 crianças, em espera e hospitalizadas, receberam escovas de dente e foram conduzidas para uma nova atividade voltada para o público infantil no ‘escovódromo’, local que fica dentro da unidade para incentivar a prática da escovação dos dentes e, assim, evitar cáries e outros problemas de saúde decorrentes da higiene precária da boca.

Depois de uma palestra explicativa, em uma bancada com pias e torneiras em altura adequada para crianças, a dentista Polyane Alencar ensinou como fazer a correta escovação dos dentes e completar a higiene bucal. “Essa ideia surgiu da necessidade de institucionalizar a prática de escovação como ação preventiva. Começamos na pediatria, mas há possibilidade de contemplar os adultos futuramente”, explicou Polyane.

Treinamento e palestra – Entre motoristas, técnicos de enfermagem e enfermeiros do hospital e de 18 municípios com cobertura da unidade, 52 profissionais realizaram treinamento sobre como proceder no transporte de pacientes, incluindo manobras de ressuscitação, imobilização e manejo durante o deslocamento. As técnicas foram apresentadas por representantes do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão e direcionadas tanto para o transporte com equipamentos padrão como na ausência deles.

“Todas as informações repassadas contribuem para agilizar o transporte do paciente para a unidade, evitando que o quadro se agrave no deslocamento”, ressaltou o sargento Carlos Alves dos Santos, do Corpo de Bombeiros.

Para a técnica de enfermagem do município de Pindaré, Gleyciane Travassos, o treinamento vai contribuir para sua atuação. “O que está sendo repassado aqui é importante, porque recebemos muitos acidentados. Precisamos saber como movimentar a pessoa de forma segura. Já conhecia parte do que está sendo explicado, mas aprendemos muito sobre como atuar em situações de improviso, sem equipamentos”, destacou.

A programação voltada para os municípios encerrou com palestra sobre ‘Ética Profissional’, ministrada pela coordenadora de enfermagem do macrorregional, Elky Amorim. “Na rotina diária é necessário evitar atritos. O respeito, colaboração, humildade e parceria foram estimulados com dinâmicas. O trabalho realizado com ética, que soma valor e moral, contribui para os melhores resultados”, concluiu Elky.