Instituto Acqua consolida atuação junto à comunidade em 19 anos de história

29 de Abril de 2018

Com trajetória marcada por projetos em diversas áreas, Acqua comemora aniversário com apresentação gratuita para a população em Santo André (SP)

Nesta terça-feira (1/5), o Instituto Acqua completa 19 anos de atuação na gestão de projetos nas áreas da Saúde, Educação, Meio Ambiente, Cultura, Cidadania e Esportes, entre outras. Ao longo desse período, o Instituto construiu uma história junto à comunidade e se notabilizou por ampliar o desenvolvimento dos locais onde atua. A trajetória do Acqua é marcada pela luta a favor do fortalecimento da sociedade por meio de iniciativas que promovem o bem-estar e a qualidade dos serviços públicos.

Com essa perspectiva, o Instituto trabalha em parceria com os setores público e privado, universidades, outras organizações não governamentais e Conselhos de Políticas Públicas no desenvolvimento e implementação de diversos projetos.

Para marcar as comemorações pelos 19 anos de fundação do Instituto, acontece no dia 5 de maio, a partir das 14h, evento que reúne artistas consagrados no cenário musical brasileiro na sede do Acqua, em Santo André (SP). O local receberá um show especial de Juçara Marçal, Suzana Salles e Kiko Dinucci voltado ao repertório do compositor Itamar Assumpção. A atividade terá entrada gratuita e contará também com apresentação de Carlinhos Garoa e banda.

“Celebramos nosso 19º ano com muita satisfação, porque o trabalho realizado por meio de diversas parcerias celebradas até aqui possibilita que mais pessoas tenham qualidade de vida e atendimento de saúde digno, bem como acesso à educação de qualidade e capacitação para entrar no mercado de trabalho, por exemplo. Estamos no caminho certo e vamos continuar atuando em benefício da sociedade. Com esse objetivo, também passamos a ofertar atividades culturais e que estimulam hábitos saudáveis, ao mesmo tempo em que valorizamos os pequenos produtores e incentivamos os artistas regionais”, destacou o diretor-presidente do Instituto Acqua, Ronaldo Querodia.

História – Fundado em 1º de maio de 1999, o Instituto Acqua teve sua primeira sede no Parque Milton Marinho de Moraes, em Ribeirão Pires (SP). No local, o Acqua criou o Centro de Referência Ambiental, firmando-se como referência no Terceiro Setor nacional com programas socioambientais e de qualidade urbana.

Em 2003, o Instituto foi reconhecido como OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) e, desde 2013, tem se qualificado como OSS (Organização Social de Saúde) em diversas esferas governamentais, sendo reconhecido como tal em diferentes Estados do País.

Gestão em Saúde – A experiência acumulada ao longo dos últimos 11 anos tornou o Acqua referência na gestão em Saúde, com 3.500 profissionais atuando em seus quadros.

No Estado do Maranhão, o Instituto Acqua iniciou sua atuação em maio de 2015 e hoje faz a gestão de dez unidades de saúde, incluindo maternidades, hospitais, um centro odontológico e um centro de referência em neurodesenvolvimento, todos em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde. Vale destacar que três hospitais estão no interior do Estado, em Pinheiro, Balsas e Santa Inês, e são referências no atendimento à população dessas regiões.

Desde fevereiro de 2015, o Instituto atua em cinco penitenciárias instaladas em Franco da Rocha (SP), garantindo o acompanhamento da saúde de cerca de 10,6 mil pessoas privadas de liberdade por meio de parceria com a Prefeitura Municipal e o Governo do Estado de São Paulo.

Sustentável – Entre as iniciativas sustentáveis realizadas pelo Instituto destacam-se parceria com a Prefeitura Municipal de Santo André, firmada em outubro de 2013, para a realização de atividades de ações complementares nos 11 CESAs (Centros Educacionais de Santo André) da cidade; cursinho preparatório para o Enem, oferecido gratuitamente em São Paulo para pessoas de baixa renda; e projeto de capacitação de agentes de transformação social por meio de curso de jardinagem oferecido em comunidades de Santo André (SP) com patrocínio da Petrobras.

Em 2016, teve início o Instituto Acqua em Ação, uma atividade que leva para diferentes comunidades ações sociais e de saúde que podem ser feitas ao ar livre em praças públicas, como testes de glicemia, aferição de pressão arterial, consultas, vacinação, oficinas e ações de higiene bucal, entre outras.

Cultura e Economia Criativa – Em maio de 2017, o Instituto Acqua inaugurou espaço cultural localizado em sua sede na cidade de Santo André. O local conta com infraestrutura para atividades educacionais e culturais. Além dos cursos de formalização em jardinagem, palestras para empreendedores e aulas de canto coral, oficinas para terceira idade e demais iniciativas, o espaço recebe mensalmente a Feira Vegana do ABC – idealizada pelo Acqua e referência para o segmento nas sete cidades da região. O evento reúne 2 mil pessoas ao mês e, além de apoiar a causa animal, incentiva pequenos produtores artesanais e desperta o olhar da comunidade regional para hábitos saudáveis.

Há nove meses, o Acqua também mantém a iniciativa VilaMundo, em parceria com o Catraca Livre, Cidade Escola Aprendiz e Cuponeria. A plataforma mapeia regiões para sugerir passeios culturais gratuitos ou com descontos especiais no Grande ABC e São Paulo. Desde abril deste ano, o Acqua também promove mensalmente o Bazar VilaMundo, uma feira que reúne brechós, música, gastronomia, cosméticos e artesanato.

Vários artistas já passaram pelo espaço cultural em um ano, dentre eles nomes como Andreas Kisser (Sepultura), Nômade Orquestra, Lurdez da Luz, Everson Pessoa, Kleber Albuquerque, Vasco Faé e outros grandes músicos e intérpretes. Em março deste ano, o auditório do espaço cultural também contou com o lançamento da galeria ABC das Artes – que homenageia artistas importantes para a região do Grande ABC, como os sambistas Dona Inah, Mimi Boêmio e Joca Sete Cordas.

O Instituto Acqua e a Rádio Brasil Atual (98,9 FM) promovem no mesmo espaço, mensalmente, o programa 'Hora do Rango', comandado pelo apresentador Oswaldo Luiz Colibri Vitta. A ação resgata a história artística da região por meio de entrevistas e apresentações de músicos convidados.