Maternidade Benedito Leite realiza primeira Roda de Conversas com Gestantes de 2018

02 de Março de 2018

As maternidades de Alta Complexidade do Maranhão e Nossa Senhora da Penha começam suas palestras neste mês de março

Etapas da gestação, contração, dilatação e violência obstétrica são alguns temas que geram dúvidas e medo nas gestantes. Cientes disso, as maternidades maranhenses sob gestão do Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde deram início ao calendário anual de Rodas de Conversas com Gestantes. O primeiro encontro, com abordagem sobre ‘Parto normal x parto humanizado’, foi realizado em 27 de fevereiro, na Maternidade Benedito Leite, em São Luís (MA). Em março, as maternidades de Alta Complexidade do Maranhão e Nossa Senhora da Penha iniciam suas rodas.

“O principal objetivo das rodas de conversas é passar informações para que elas tenham autonomia e segurança na tomada de decisões do processo gravídico e puerperal. O conhecimento faz com que a mulher passe pela experiência do parto de forma positiva, sendo respeitada na individualidade e intimidade”, explicou a enfermeira obstetra e coordenadora de enfermagem do Instituto Acqua no Maranhão, Analamacia Brito.

Na Maternidade Benedito Leite, 15 gestantes apresentaram suas principais preocupações e dúvidas, principalmente sobre o momento do parto. Para esclarecer esses questionamentos, muitas afirmaram que buscam respostas na internet, mas ficam mais aflitas pois os temas são expostos de forma superficial na rede. “Por isso, este momento é importante e humanizado, porque respeita a individualidade da gestante. Cada uma tem seu perfil e necessidades”, ressaltou a enfermeira Mariana Barbosa.

Grávida do nono filho e com 24 semanas de gestação, Alaína Ribeiro Silva compartilhou suas experiências e enfatizou as situações de violência obstétrica que viveu. “Cada gravidez tem sua particularidade. Por isso, a forma que chegamos na maternidade também é diferente e os profissionais devem ter sensibilidade para atender. Meu quarto filho tive sozinha, na maca, enquanto médicos e enfermeiros afirmavam que ainda não era o momento. Então, com este diálogo, percebemos que há atendimentos especiais, humanizados e profissionais dispostos a entender a realidade e traumas que muitas gestantes carregam”, destacou Alaína.

Orientadas pelo Ministério de Saúde, as Rodas de Conversa com Gestantes oferecem esclarecimentos sobre o que pode acontecer durante gestação e trabalho de parto. Por isso, no decorrer do diálogo, os profissionais da Maternidade Benedito Leite ressaltaram a importância do empoderamento da gestante, que surge da consciência dos seus direitos como, por exemplo, ao atendimento humanizado.

“Eu pensei que humanização existisse só nas maternidades particulares. Imaginava que desse cuidado só os ricos desfrutavam. Hoje, felizmente, muitas grávidas têm acesso ao atendimento humanizado oferecido em maternidades como a Benedito Leite”, finalizou a gestante Sara Fontenelle.

 

Próximos encontros das Rodas de Conversas com Gestantes:

 

Maternidade Benedito Leite

14/3, às 16h

Fases do trabalho de parto

 

30/3, às 16h

Dor do parto

 

14/4, às 16h

Amamentação

 

28/4, às 16h

Cuidados com o bebê

 

Maternidade Nossa Senhora da Penha

22/3, às 15h

Importância do pré-natal

 

29/3, às 15h

Alterações fisiológicas durante a gestação

 

3/4, às 15h

Parto normal x parto cesariano

 

9/4, às 15h

Plano de parto

 

15/4, às 15h

Aleitamento materno

 

22/4, às 15h

Cuidados com RN e pós-parto

 

30/4, às 15h

Despedida da barriga

 

Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão

8/3, às 8h

Importância do pré-natal

Caderneta da gestante

 

15/3, às 8h

Teste rápidos

Higiene bucal da gestante                            

Fisioterapia

 

22/3, às 8h                                                                                                   

Aspectos psicológicos da gestante e familiar (Psicoterapia de grupo)

Nutrição da gestante 

 

29/3, às 8h

Planejamento familiar

Direitos da gestante e acompanhante

Critérios para internação

Fisioterapia

 

5/4, às 8h

Trabalho de parto

Parto humanizado                             

Cesariana

Visita ao CPN e ALCON

 

15/4, às 8h

Aleitamento materno

Puerpério

Higiene da puérpera e do bebê

Triagem do RN (testes do coraçãozinho, orelhinha e olhinho)