Mostra de Orquídeas no Instituto Acqua marca início da primavera

01 de Outubro de 2018

Evento promovido em parceria com a Sociedade Orquidófila de Santo André e Orquidário 4 Estações contou com mais de mil orquídeas, cactos e suculentas

O Instituto Acqua, para marcar o início da primavera, promoveu exposição de orquídeas, cactos e suculentas nos dias (29 e 30/09), sábado e domingo, em sua sede cultural de Santo André (SP). O evento, além de incentivar a comunidade regional diante da troca de experiências com orquidófilos, também integrou o calendário regional da Sociedade Orquidófila de Santo André e reuniu algumas das principais entidades do segmento, além da comercialização de plantas e flores apresentadas pelo Orquidário 4 Estações, de Mauá (SP).

Presidente da Sociedade Orquidófila de Santo André, Celso Cestari elogiou a estrutura do Instituto e pontuou o retorno positivo do público diante da mostra. "Muitas pessoas de São Paulo que frequentaram a mostra elogiaram a montagem. Nós também adoramos participar desse evento promovido pelo Acqua e parabenizamos toda equipe. Sem dúvida estamos disponíveis para trabalhar em novos eventos para o próximo ano", pontuou. 

Responsável pela comercialização de orquídeas, cactos e suculentas, o Orquidário 4 Estações vendeu 60% de seu estoque. "Gostamos de ter participado e ao mesmo tempo ter conhecido o Instituto Acqua. Levamos mais de mil vasos, dentre orquídeas, cactos e suculentas, além dos nossos adubos. Vendemos bem e o público parece ter gostado das nossas flores. A exposição também estava muito bonita", garantiu Anselmo Biazoto Ferreira, empresário representante do orquidário. 

A iniciativa também reuniu gastronomia comandada pelos chefs Bruno Wolf e Ricardo Silvestre, além do lançamento do coral do Instituto Acqua, formado por 20 participantes sob a regência de Paola Fachinelli. "Não conhecia o Acqua e já amei o espaço, a acolhida e essa exposição maravilhosa de flores. Fiquei sabendo sobre outros eventos que rolam por aqui e quero voltar. Bacana ter opção de comida tanto na fachada quanto no espaço interno. Me senti bem à vontade", enfatizou Samantha Beliarto Mourão, 34 anos, moradora de São Caetano do Sul que estava acompanhada pela mãe, Ruth Beliarto. 

O evento contou ainda com estande do projeto Teia Verde, iniciativa do Instituto Acqua que proporcionou aos moradores das comunidades Tamarutaca, Conjunto Prestes Maia e Parque Erasmo Assunção, de Santo André, acesso gratuito a um curso de jardinagem e paisagismo, com aulas ministradas três vezes por semana dentro das associações de bairro. As seis turmas participaram de aproximadamente 900 horas de aulas teóricas, palestras, visitas técnicas e atividades práticas. "Adorei conhecer de perto os kokedamas feitos pelos ex-alunos do Teia Verde, nunca tinha visto. Achei a iniciativa ótima. E não conhecia esse projeto. O Acqua está de parabéns. Já frequentei outros eventos por aqui e achei esse o mais caprichado", comentou Maria Aparecida Valle, 63 anos, moradora de São Bernardo do Campo. 

Na visão de Ronaldo Querodia, diretor-presidente do Instituto Acqua, a mostra de orquídeas marcou o início de uma parceria de sucesso que deverá render mais iniciativas. "Buscamos o auxílio da Sociedade Orquidófila de Santo André porque tínhamos a ideia de realizar esse evento, mas não sabíamos de que modo iniciar. Além de contar com o carinho dos profissionais que mantém essa entidade, conseguimos firmar uma parceria que não apenas idealizou essa mostra, mas que sem dúvida nos dará suporte para promover outras iniciativas voltadas à comunidade do ABC Paulista", opinou.