Profissionais do Hospital Infantil Dr. Juvêncio Mattos recebem orientações sobre aleitamento materno

10 de Agosto de 2017

Equipes participam de palestras na unidade de saúde durante a Semana Mundial de Amamentação

Cerca de 20 profissionais do Hospital Infantil Dr. Juvêncio Mattos participaram nesta terça-feira (8/8) de palestra sobre a importância do aleitamento materno. A atividade faz parte da programação da Semana Mundial de Amamentação.

Para iniciar as atividades, as enfermeiras do setor de clínica cirúrgica Francisca Borges e Flor de Lis e a técnica de enfermagem Manoelina dos Santos encenaram a peça teatral “Mitos sobre amamentação”, que apresentou três tipos de mães: as que amamentam com leite exclusivo, com leite misto e as que não amamentam por medo ou dificuldade.

Durante a palestra “Promovendo o aleitamento materno”, ministrada por Elisangela Mendes, enfermeira obstetra responsável pelo posto de coleta da unidade de saúde, os profissionais receberam orientações e desmistificaram alguns mitos em relação à amamentação.

A enfermeira explicou que o leite materno contém todos os nutrientes, sais minerais e proteínas necessários à criança. “Alguns bebês começam a perder peso e a mãe sabe o motivo, mas grande parte pode estar associada à amamentação feita de forma errada. Na primeira mamada, em torno de 10 minutos, o bebê só absorve água. Se a mãe resolve trocá-lo de seio, ele continuará tomando só água. É aconselhável que as mães façam essa troca, no mínimo, 20 minutos depois”, explicou.

Liane Soares, enfermeira do Banco de Leite do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HUUFMA) – Unidade Materno Infantil, lembrou a importância de os profissionais de saúde estarem em constante capacitação sobre o tema. “A campanha desse ano informa que quanto mais pessoas estiverem capacitadas, maior será a ajuda para as mães que apresentarem algum problema. É importante que todos estejam orientados, pois as mães vão procurar esses profissionais e eles precisam saber como intervir para que possamos aumentar o número de bebês amamentados”, comentou.

Além de palestras, as unidades gerenciadas pelo Instituto Acqua em São Luís, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde, realizam rodas de conversas para orientar gestantes e acompanhantes sobre o parto e o pós-parto. Nesta quarta-feira (9/8), mães e acompanhantes receberão orientações sobre direitos das mães que amamentam e os aspectos psicológicos da amamentação.