Segurança no trânsito é tema de palestra na Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão

22 de Fevereiro de 2019

Objetivo é orientar profissionais da unidade gerenciada pelo Acqua aos bons hábitos de direção defensiva, sobretudo no deslocamento para o trabalho

Profissionais da Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão (MACMA), unidade de saúde gerenciada pelo Instituto Acqua e Secretaria de Estado da Saúde (SES), participaram, na manhã da última quarta-feira (20/02), de palestra educativa sobre segurança no trânsito promovida pela equipe de educadores do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA).

“Devido ao período de carnaval, sabemos que os acidentes de trânsito aumentam e o objetivo de trazer a equipe do Detran é prevenir acidentes com nossos colaboradores. Sofrer acidente de trânsito é também responsabilidade institucional, considerado acidente de trajeto”, destacou o supervisor de Segurança do Trabalho do Instituto Acqua, Hilton de Castro Soares.

A ação integra o projeto ‘Detran Volante’, com objetivo de levar educação para o trânsito em ambientes corporativos, como explica o psicólogo e assistente de trânsito do Detran, Raffael Rocha. “O projeto vem oferecer às instituições palestra educativa com objetivo de reforçar comportamentos saudáveis e garantir a segurança viária, não beber e dirigir, não utilizar dispositivos eletrônicos durante a direção, situações e condutas que podem causar acidentes”, disse.

Além do cumprimento das regras básicas do trânsito, como obedecer à sinalização das vias e transitar na velocidade permitida para garantir a segurança de passageiros e pedestres, entre outros, a palestra apontou práticas de direção defensiva e algumas situações emocionais que o ambiente de trânsito ocasiona, como elevação da ansiedade, e qual deve ser a conduta para uma direção responsável.

A direção defensiva é dividida em preventiva e corretiva. Na primeira situação, o condutor se antecipa ao risco, exige dele pouca habilidade e é a mais recomendável. No segundo caso, há alto risco de acidentes e exige muita habilidade do condutor.

“Todo condutor é uma pessoa habilitada e que conhece a legislação, mas nem sempre saber a informação correta impede o acidente. São os hábitos e a conduta do motorista e pedestre que são responsáveis pelos acidentes. É muito importante que o condutor aprenda a se perceber e a se relacionar melhor com as outras pessoas no trânsito”, pontuou o psicólogo.

O especialista citou ainda exemplos de boa conduta e que geram uma ‘corrente do bem’ na socialização no trânsito. Que é preciso ter a consciência de que o objetivo de todo o condutor é chegar ao destino final com segurança e isso exige o planejamento. “Não adianta eu sair de casa sem planejar o tempo necessário para seguir o trajeto e chegar ao destino no horário previsto. Sem supor que podemos encontrar engarrafamento. E se encontrar, perceber como reagimos aos sentimentos. Ficar ansioso ou estressado com o sinal vermelho é uma emoção normal, ruim é quando reagimos negativamente, acelerando, passando o sinal vermelho, buzinando ou xingando outro condutor”, explicou.

Mauro Célio Costa Pinto, supervisor administrativo da MACMA, elogiou a iniciativa e disse que, em 25 anos de habilitação, nunca sofreu acidente no trânsito pelos cuidados enquanto condutor de veículos. “Conscientização. Essa é a palavra. Sempre saio de casa com antecedência e tento colocar em prática a direção defensiva. A palestra foi bem esclarecedora para reforçar o que já tenho como hábito”, pontuou.