contato@institutoacqua.org.br

Acqua promove treinamento motivacional para profissionais no Maranhão

07/06/2019

Encontro reuniu coordenadores de enfermagem, supervisores administrativos e de Recursos Humanos que atuam na sede e unidades de saúde gerenciadas pelo Acqua

O auditório do Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM), em São Luís, recebeu nesta sexta-feira (7/06) profissionais que atuam na liderança administrativa e de Recursos Humanos das unidades de saúde que o Instituto Acqua gerencia no Maranhão, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). A proposta foi fortalecer vínculos emocionais e institucionais por meio de treinamento.

Na abertura do evento, o gerente-administrativo do Acqua, Evilásio Aguiar, falou sobre o crescimento da instituição no Maranhão. “Iniciamos com apenas três unidades de saúde e hoje somos doze. Isso é o resultado do trabalho de cada um de nós”, disse.

Evilásio ressaltou que a instituição é referência em gestão hospitalar de unidades públicas junto com a política de valorização profissional e dos Recursos Humanos e citou algumas pessoas que, pelo desempenho profissional, tiveram crescimento em cargos de confiança. “Já pensaram o impacto do trabalho de vocês na vida e na assistência à saúde das pessoas? Essa satisfação profissional também faz parte da missão Acqua”, completou.

Em seguida o momento foi de reflexão com a palestra “Feridas na Alma”, ministrada pelo teólogo e coordenador de Recursos Humanos do Acqua, Mauro Célio. Por meio de fábula, o profissional orientou sobre a importância do cuidado emocional.

“O cuidar das pessoas é também um cuidado emocional. Trouxe essa história para lembrar que muitos dos problemas que nos afligem individualmente no trabalho são feridas que podem estar na nossa família e na falta de pequenos cuidados e zelo com quem amamos”, explicou Mauro.

Princípios e valores morais como respeito, humildade, compromisso e responsabilidade foram destacados na palestra como instrumentos e características para a manutenção da estrutura e o equilíbrio das relações na família, e comparados com a função dos profissionais que estão em cargos de liderança.

Depoimentos – Considerado pelos colegas de escritório como um exemplo de dedicação e cordialidade, o auxiliar-administrativo Rafael Silva de Abreu falou sobre como superou o trauma físico e psicológico após um tratamento de Acidente Vascular Cerebral (AVC) que o deixou com mobilidade reduzida. “Na época que eu passei pela cirurgia não queria aceitar o diagnóstico que limitaria meu corpo. Quis culpar alguém por aquilo até aceitar que a culpa não mudaria a minha condição física”, disse.

Rafael integra o grupo de 54 profissionais com deficiência contratados em 2018 pelo Instituto Acqua no Maranhão.

A coordenadora de Recursos Humanos da Maternidade Humberto Coutinho, Roberta Pereira da Silva, também falou sobre a valorização profissional do Acqua. “Trabalhava na administração da maternidade e recebi o convite para coordenar o setor de RH. Foi um grande desafio e uma oportunidade de ser reconhecida pela competência no exercício desse cargo. Tenho a honra de fazer parte do grupo Acqua”, pontuou.

O angolano e doutorando em Ciências Sociais da Universidade Federal do Maranhão, Adriano Kilala, deu continuidade à programação abordando o tema do relacionamento intrapessoal e interpessoal.

Com uso de uma mandala dividida em pontos de aprimoramento pessoal, profissional, nos relacionamentos e na qualidade de vida, o palestrante compartilhou reflexões e métodos práticos de como alcançar o autoconhecimento para o controle e administração das emoções.

“Os alemães utilizam a noção de cultura associada com a ideia de autocultivo. A capacidade de exercer um processo de aprimoramento contínuo. Para isso, é importante obter um coeficiente emocional, aprender a mapear as emoções e as áreas que precisam ser mais aprimoradas. Aprendendo a se autoconhecer, conseguimos administrar melhor as tensões e as pressões nas relações sem perder a razão, a paciência e até o relacionamento”, destacou.

As atividades contaram ainda com palestra da psicóloga do Centro de Referência em Neurodesenvolvimento, Assistência e Reabilitação de Crianças (Ninar), Katiuscia Barbosa, abordando o tema da saúde mental, e finalizou com a participação do coach Paulo Victor, sobre o tema “autorresponsabilidade e foco”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *