contato@institutoacqua.org.br

Aleitamento materno é tema de encontro pedagógico na Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão

10/06/2019

Mensalmente, acadêmicos em estágio supervisionado na unidade recebem orientação teórica sobre tema específico da rotina hospitalar

A Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão (MACMA), em São Luís, realizou nesta segunda-feira (10/06) encontro pedagógico com estudantes de enfermagem e nutrição que estão em estágio supervisionado na unidade. Na oportunidade, foi abordada a política do aleitamento materno e a importância do Banco de Leite Humano. Mensalmente, os acadêmicos recebem orientação teórica sobre temas específicos relacionados à rotina hospitalar. O aparelho de saúde está sob gestão do Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

A coordenadora de estágio supervisionado da MACMA, Elma Gama, explicou a importância do encontro. “É uma atividade que já faz parte do nosso calendário. Todo mês temos um encontro pedagógico com temas diferentes para que os alunos possam conhecer e vivenciar a rotina dentro da maternidade. As orientações vão contribuir para que esses futuros profissionais repassem informações para as novas mães”.

Nair Diniz, estudante do 10º período do curso de Enfermagem de uma faculdade particular de São Luís, pontuou que esses momentos são cruciais na formação profissional. “Estamos adquirindo conhecimento nesses encontros. Com isso, poderemos prestar um serviço de qualidade aos nossos futuros pacientes”, pontuou a acadêmica.

Conteúdo – Em conversa com os estudantes, a supervisora do Banco de Leite Humano, Irenildes Rodrigues, lembrou os dez passos para o sucesso do aleitamento materno. A enfermeira destacou as vantagens do aleitamento, entre as quais, melhorar a dentição e fala da criança, bom para o desenvolvimento infantil, além de ser o alimento mais completo para o bebê. Os alunos foram informados ainda sobre os danos que bicos, chupetas, mamadeiras e protetores de mamilo podem causar no processo de amamentação.

A profissional elencou os ganhos para a unidade com os encontros pedagógicos. “Estes alunos estão aprendendo a prática dentro da unidade. Por isso, precisam compreender como funciona a política de aleitamento, como é feito o trabalho de pasteurização, quais os frascos ideais, entre outros aspectos para que possam dar informação correta”, comentou.

Apenas no mês de maio, 26 novas mulheres foram cadastradas para serem doadoras de leite humano. O Banco de Leite funciona na Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão e é responsável por ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno e execução de atividades de coleta, seleção, classificação, processamento, controle de qualidade e distribuição do leite humano. A equipe foi capacitada e está apta em amamentação com base nas Normas Brasileiras de Comercialização de Alimentos (NBCAL- Lei 11. 265) e tem conhecimento básico na Atenção Integral e Humanizada ao recém-nascido grave ou potencialmente grave.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *