contato@institutoacqua.org.br

Ambulatório exclusivo para Covid-19 é inaugurado no Hospital Dr. Jackson Lago (MA)

30/05/2020

Novo serviço atende pacientes com comorbidades e beneficia região da baixada maranhense; unidade de saúde é gerenciada pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES)

O ambulatório exclusivo para Covid-19, instalado no Hospital Regional Dr. Jackson Lago, em Pinheiro (MA), iniciou atendimento neste sábado (30/05). O novo serviço atende pacientes com sintomas leves com comorbidades e vai beneficiar a região da baixada maranhense. Além do ambulatório, a unidade de saúde tem ampliado o quantitativo de leitos para combater a pandemia do novo coronavírus. O hospital, bem como ambulatório, são gerenciados pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Para o diretor-geral do hospital, Kaio Hortegal, o atendimento do ambulatório vai contribuir para diminuir a incidência de pacientes com ventilador e que evoluam com gravidade. “A intenção do ambulatório é justamente captar os pacientes que têm fator de risco e chance de agravamento durante a infecção por Covid-19 e trazê-los e abordá-los de forma inicial. Cada município vai fazer a triagem desses pacientes e encaminhá-los ao Regional Dr. Jackson Lago”, disse.

O médico explicou ainda que o ambulatório não funciona como serviço de urgência. “Não será porta aberta. Os pacientes precisam estar dentro de uma série de critérios e com o encaminhamento carimbado pela Triagem. No Regional, o paciente vai ser atendido por profissionais capacitados e se necessário irão prescrever medicamentos”, completou.

Ao chegar ao hospital, o paciente passa por criteriosa triagem com enfermeiros e técnicos de enfermagem. Em seguida, o mesmo é encaminhado para consultório médico, onde são solicitados exames laboratoriais e de imagem. Após avaliação dos resultados, o médico orienta se existe necessidade do protocolo medicamentoso, que é disponibilizado no próprio ambulatório. Como parte do protocolo da rede estadual de saúde, a Secretaria de Saúde do município de origem passa a monitorar o paciente que segue em tratamento domiciliar.

Uma das primeiras pacientes foi Patrícia Almeida. Ela destacou a importância do novo serviço para a região de Pinheiro. “Cada dia mais está aumentando a procura por atendimento e creio que será uma ajuda muito grande para o município e cidades próximas”, pontuou.

Rosenilde Almeida Rocha, 47 anos, moradora de Pinheiro, também foi atendida no novo ambulatório e elogiou o fluxo de atendimento. “Estava tossindo e recebi atendimento médico. Esse serviço vai ajudar muito”, disse.

Atualmente o Hospital Regional Dr. Jackson Lago conta com 52 leitos de enfermaria-ala amarela e 19 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *