contato@institutoacqua.org.br

Instituto Acqua e Governo do Maranhão entregam Hospital de Campanha de Santa Inês

01/06/2020

Unidade de saúde beneficiará população do Vale do Pindaré; leitos de enfermaria funcionarão como retaguarda do Hospital Macrorregional Tomás Martins

O Instituto Acqua, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Maranhão, acaba de ampliar a rede de atendimento a pacientes com Covid-19 e entregou nesta segunda-feira (01/06) o Hospital de Campanha de Santa Inês. A unidade conta com 40 novos leitos e funcionará como retaguarda do Hospital Macrorregional Tomás Martins. Para receber os novos leitos, uma força-tarefa foi montada para realizar os reparos técnicos e estruturais durante duas semanas. O Hospital de Campanha vai beneficiar toda região do Vale do Pindaré. O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, acompanhado da diretora-executiva do Instituto Acqua, Paula Assis, e de autoridades estaduais e municipais, participaram da entrega do novo aparelho de saúde.

O Hospital de Campanha conta com recepção, sala de estabilização, leitos de enfermaria equipados, farmácia, almoxarifado, posto de enfermagem, posto médico, sala para equipe multiprofissional, refeitório, entre outros ambientes. Reestruturado, o prédio recebe a partir desta segunda-feira os novos pacientes. O novo serviço vai admitir pacientes pelo sistema de regulação de leitos da Secretaria de Estado da Saúde.

Secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, afirmou que o governo do estado tem realizado investimentos para aparelhar hospitais e ampliar leitos para combater a Covid-19. “O Hospital de Campanha de Santa Inês vem se juntar à estrutura do município e do Estado. São mais 40 leitos que ganhamos. Nesta tarde já estaremos recebendo os primeiros pacientes. O objetivo é atender pacientes leves e moderados e deixar o Hospital Macrorregional para pacientes mais graves. Nossa ideia é aumentar o quantitativo de leitos de UTI para que possamos atender mais pacientes aqui mesmo em Santa Inês sem precisar ir para outros locais”, disse.

De acordo com o fluxo de atendimento, o paciente internado no Hospital Macrorregional Tomás Martins, após passar pelo tratamento contra a Covid-19 e com quadro clínico apresentando melhora, será encaminhado para o Hospital de Campanha. A organização possibilitará a disponibilização de leitos no Macrorregional. Com perfil de retaguarda, o hospital não receberá pacientes via modelo porta aberta.

A prefeita de Santa Inês, Vianey Bringel, destacou a importância da parceria com o governo do estado no combate à pandemia. “Quero em nome da população agradecer ao governador Flávio Dino e ao secretário Carlos Lula que estão disponibilizando novos leitos a cada dia em nossa região. Estamos nos equipando para salvar nossa população. É importante que cada cidadão de Santa Inês e do Maranhão siga as recomendações da OMS de manter distanciamento social, higienizar as mãos e permanecer em casa”, pontuou.
Para a diretora-executiva do Acqua, Paula Assis, a inauguração é motivo de orgulho e satisfação pelo trabalho que será aplicado. “Para o Instituto Acqua é mais um grande passo, pois estamos contribuindo, novamente, para que mais vidas possam ser recuperadas. Esse trabalho junto ao Governo do Estado traz satisfação e estamos empenhados em seguir com a qualidade do atendimento à população maranhense”, garantiu.

Homenagem – O trabalho das equipes de saúde tem apresentado emocionantes histórias de vitória. Um desses finais felizes foi contado durante a inauguração do Hospital de Campanha. Fernando Augusto Araújo é um dos pacientes recuperados no Tomás Martins. Ele foi agradecer o empenho da equipe de saúde da SES, Acqua e de todos os profissionais que atuaram direta e indiretamente na sua recuperação.
“Esta equipe que trabalha nesta cidade realmente é uma guerreira em todos os aspectos. Diariamente estão no campo de batalha. Este hospital que está sendo entregue é uma extensão do Macrorregional e eles estão se colocando em situação de risco para salvar pessoas fragilizadas e isoladas. São psicólogos, fisioterapeutas, equipe da limpeza, técnicos de enfermagem que cuidam de quem muitas vezes não tem nenhum suporte. Fui um agraciado por me recuperar”, relatou, emocionado, Araújo.

Ao final, Fernando Araújo entregou ao secretário Carlos Lula uma lembrança em homenagem ao trabalho realizado. Além da atitude, um minuto de silêncio foi promovido em homenagem a todas vítimas da Covid-19 no Maranhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *