contato@institutoacqua.org.br

Pacientes do Hospital de Trauma de João Pessoa (PB) ganham festa do Dia das Crianças

10/10/2019

Presentes, maquiagem artística, palhaços e brincadeiras integraram a programação no hospital gerenciado pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) da Paraíba

Brincadeira como terapia. As crianças internadas no Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa (PB), ganharam um “remédio” especial nesta quarta-feira (09/10). Com ajuda de voluntários e funcionários do hospital, mães e filhos tiveram uma tarde repleta de diversão. A iniciativa marca as comemorações pelo Dia das Crianças, celebrado no próximo sábado, 12 de outubro. O hospital é gerenciado pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) da Paraíba.

À frente da organização da festa, a assistente social, Kawana Shelen da Silva, conseguiu todas as doações por meio das redes sociais. “Conseguimos a decoração, as doações dos presentes, maquiagem para os artistas, maquiagem artística, palhaços para realizar as brincadeiras e uma equipe para ajudar na decoração”, ressaltou.

Kawana faz parte do Grupo de Trabalho Humanizado (GTH) da instituição, que além desta comemoração também realiza ações em outras datas comemorativas, como Páscoa e Natal. “Pude crescer muito dentro deste grupo, aqui tive apoio e credibilidade para realizar um bom trabalho dentro do hospital. Acredito que esse será o primeiro de muitos que vamos realizar na unidade de saúde”, salientou.

Com o filho de 2 anos internado, Adriana Carla de Figueiredo fez questão de participar das brincadeiras dos palhaços que animaram a festa. “É bom para a gente e para elas. As crianças não gostam de ficar no hospital, ninguém gosta, algo assim é bom para todo mundo”, completou.

Ao som de várias gargalhadas e um olhar atento a tudo que se passava ao redor, Willian Medeiros, 8 anos, que está internado devido a uma fratura no braço, participou do evento e se surpreendeu. “É bom, né? Assim conseguimos esquecer um pouco esse clima de hospital e descansar”, frisou.

A estudante de fisioterapia e integrante do projeto ‘PalhaçoSUS’, que são os palhaços cuidadores, Alayane Lisboa, aproveitou para doar um pouco de seu tempo para as crianças do Hospital de Trauma. “Ser voluntária é ganhar fôlego de vida. Me encontrei fazendo isso. E espero que esse momento contribua para a cura das crianças e que elas possam se lembrar deste dia para sempre”, explicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *