contato@institutoacqua.org.br

Profissionais do Hospital Tomás Martins (MA) recebem treinamento sobre avaliação no transporte de pacientes

07/06/2019

Curso foi direcionado aos maqueiros, equipes de enfermagem e equipe multiprofissional da unidade de saúde gerenciada pelo Acqua e Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão

Referenciado para atender casos de média complexidade na região do Vale do Pindaré, no Maranhão, o Hospital Macrorregional Tomás Martins realizou, nos dias 6 e 7 de junho, capacitação sobre avaliação primária e secundária no transporte de pacientes. A ação foi ministrada pelo 2º Tenente do Corpo de Bombeiros de Santa Inês, Alessandro Sodré, aos profissionais de enfermagem, equipe multiprofissional e maqueiros do hospital.

Alessandro, bacharel em Segurança Pública e do Trabalho, explica a metodologia do treinamento dividida em parte teórica e prática, com técnicas de imobilização, como colocar pacientes em prancha e o transporte na maca. “Os maqueiros são os primeiros profissionais do hospital a ter contato com o paciente e com a equipe de saúde que chega na unidade. Então, é de extrema importância que eles estejam bem treinados e capacitados para receber essas pessoas, pois o transporte da porta da unidade até o leito deve ser feito da melhor forma possível para não agravar a situação daquele paciente”, pontua.

Na avaliação primária, os profissionais de saúde devem ter atenção na identificação dos problemas da vítima para organizar as prioridades de tratamento em tempo hábil, os riscos e a gravidade das lesões. Já a avaliação secundária observa o local do acidente, as informações médicas e informações sobre a vítima e testemunhas.“Esses procedimentos vão determinar a classificação do paciente, a prioridade de atendimento, os aspectos subjetivos, e outras características como a segurança do local do acidente, a possibilidade de movimentar a vítima e o número de acidentados. Também é observado se a vítima pode falar e se há testemunhas”, acrescentou Sodré.

Para o maqueiro do Hospital Macrorregional, Ronaldo Ferreira, a atualização de informações sobre noções básicas de saúde é fundamental pelos imprevistos dos locais do acidente e as necessidades de cada situação. “Nessa profissão, estamos lidando com vidas, com pacientes em estado delicado de saúde. A capacitação tirou algumas dúvidas sobre como movimentar o paciente, sobretudo quando eles não chegam de ambulância, muitas vezes em condições inadequadas em um carro de passeio”, disse.

O técnico de Segurança do Trabalho do hospital, Zózimo Júnior, alerta ainda sobre como acionar a unidade de saúde em casos de acidente. “Basta ligar para o número 193, serviço de emergência. A equipe vai até o local para realizar o atendimento inicial, em transporte adequado e a avaliação do paciente prossegue desde o atendimento hospitalar até a reabilitação”.

O Hospital Macrorregional Tomás Martins é gerenciado pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão (SES).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *