contato@institutoacqua.org.br

Unidades de saúde começam Campanha Dezembro Vermelho no Maranhão

03/12/2019

Campanha sensibiliza sobre a prevenção e o tratamento precoce contra o HIV, a Aids e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis; Maternidade Benedito Leite e Hospital Regional de Balsas realizaram primeiras atividades

Unidades de saúde gerenciadas pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Maranhão promovem, anualmente, a campanha Dezembro Vermelho, com o objetivo de conscientizar a população sobre prevenção contra o HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) e outras infecções sexuamente transmissíveis (IST). Nesta segunda-feira (2/12), colaboradores da Maternidade Benedito Leite, em São Luís (MA), e do Hospital Regional de Balsas participaram de atividades da campanha.

 

A programação teve início com uma roda de conversa sobre transmissão vertical e os cuidados requeridos, ministradA pela infectologista e responsável pelo Serviço de Controle de Infecção Hospitalar da maternidade, Elza Carolina Cruz Sousa Barros. A unidade de saúde recebe pacientes vivendo com HIV. Somente em 2019, foram notificadas 13 gestantes soropositivas.

 

Elza Barros esclareceu que mulheres soropositivas podem ter uma gestação saudável com proteção ao bebê, desde que o acompanhamento seja adequado. “Toda mulher precisa saber do seu estado sorológico antes de engravidar. Se ela descobre pelo teste que é soropositiva, ela é encaminhada para um serviço especializado e todo o pré-natal será voltado aos cuidados e tratamento”, explicou a infectologista.

 

As mulheres que já convivem com o HIV devem ser informadas sobre o estado imunológico para realizar o planejamento da gravidez. A primeira etapa é a consulta nas Unidades Básicas de Saúde para início do pré-natal e a realização de exames e testes de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). Em caso de confirmação do HIV, elas recebem a medicação gratuitamente – a terapia antirretroviral – e serão orientadas sobre o passo a passo da gestação até o parto.

 

Toda pessoa que convive com HIV tem o direito ao sigilo médico, que é um protocolo institucional, e os profissionais de saúde têm medidas de prevenção constantemente atualizadas de proteção às infecções sexuais diversas.

 

A palestra foi complementada com informações relacionadas à prevenção combinada contra às IST’s, proferida por técnicos do Departamento de Atenção às IST/AIDS e Hepatites Virais da SES. À tarde, estudantes universitários dos cursos de Enfermagem, Serviço Social e Psicologia da Faculdade Pitágoras e profissionais da maternidade montaram estações universitárias com informações sobre prevenção, diagnóstico e tratamento da AIDS, e rede de apoio psicossocial.

 

“O objetivo da ação foi proporcionar um momento de esclarecimento e informação, com palestra e orientações, de modo a esclarecer alguns mitos, cuidados e prevenção das pessoas que convivem com o HIV, porque a desinformação é o maior preconceito”, explicou Kelma Lucena, coordenadora de Enfermagem da Maternidade Benedito Leite.

 

Em Balsas e demais unidades – No Hospital Regional de Balsas, a campanha começou com palestra sobre o tema “É o fim do ano, e não da vida”, aplicada pela coordenadora do Programa IST/AIDS do município de Balsas, Shirleid Doxa Matias.

 

“A gente recebe inúmeras gestantes aqui no hospital nessa condição sorológica. Abordamos os dados do último censo epidemiológico e a questão da conduta na profilaxia relacionadas às gestantes”, pontuou a enfermeira Patrícia Almeida Laurindo, coordenadora do Núcleo de Vigilância Epidemiológica do hospital.

 

A programação continua na sexta-feira (6/12), com atividade no Hospital Regional da Baixada Maranhense Dr. Jackson Lago, em Pinheiro (MA), e roda de conversa sobre a campanha e estudo sobre os casos de notificação de pacientes com HIV na unidade de saúde.

 

Atividades também serão realizadas no dia 9 de dezembro, no Hospital Macrorregional Tomás Martins (Santa Inês); nos dias 11 e 12 de dezembro, na Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão e Hospital Dr. Jackson Lago (Pinheiro); nos dias 13 e 16 de dezembro, no Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM); no dia 18 novamente no Hospital de Pinheiro, e encerra no dia 23 de dezembro com palestra no Hospital Tomás Martins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *